Home / Cidades / Bituruna investiu mais de R$ 700 mil em 2018 na manutenção do sistema de coleta de lixo

Bituruna investiu mais de R$ 700 mil em 2018 na manutenção do sistema de coleta de lixo

O Programa Jogando Limpo da cidade de Bituruna realiza mensalmente a coleta de 96 toneladas de lixo seco e úmido. Em 2018, o custo para manutenção do sistema de coleta de lixo foi de mais de R$ 700 mil. Este valor é pago através do recolhimento da taxa de lixo, contudo, a arrecadação cobre apenas 55% da despesa, e para os outros 45% o município utiliza outras fontes de receita.

Dentre as despesas geradas pelo serviço está o pagamento de pessoal, encargos, manutenção de caminhões, combustível, equipamento de proteção individual, uniformes e compra de lixeiras.

“O contribuinte colabora com a manutenção do serviço e retornamos com mais qualidade na execução da coleta de lixo”, explica o secretário de Administração, Enéias Santos Mello. Em fevereiro foi inaugurado o novo barracão para a Unidade de Triagem e Compostagem de Resíduos Sólidos (UTC – Reciclinho), construído 100% com recursos municipais.

No local trabalham os membros da Associação de Catadores de Recicláveis São João, que realizam a separação do lixo e produzem o adubo orgânico, reduzindo a quantidade de descarte destinado ao aterro sanitário.

A taxa começou a ser cobrada em 2017 após uma determinação da Lei de Responsabilidade Fiscal, que diz que não pode haver tratamento diferenciado aos munícipes, isentando a população de pagar esta taxa, podendo ser caracterizado com renúncia de receita.

O valor é cobrado de acordo com a frequência da coleta na residência, podendo variar de uma a cinco vezes na semana. Os beneficiados com a tarifa social pagarão um valor único independente da frequência da coleta em sua casa. A taxa varia de R$ 3,99 a R$ 13,44.

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.