Home / Destaque / Cão que aparece sendo agredido por catador de reciclável em vídeo foi encontrado e salvo

Cão que aparece sendo agredido por catador de reciclável em vídeo foi encontrado e salvo

VEJA O VÍDEO:

Uma cena de um homem catador de reciclável amarrando e agredindo um cãozinho na praça do Terminal Urbano de União da Vitória revoltou várias pessoas nesta sexta-feira, dia 18. A situação foi registrada por volta das 08h20 da manhã, por uma mulher que passava pelo local.

Ela filmou a ação do homem e postou na rede social, gerando centenas de comentários. Segundo informações, depois de filmar, a mulher acionou a Proteção Animal e a Policia Militar que iniciou as buscas pelo senhor já de certa idade, o qual saiu do local enquanto as autoridades eram chamadas. No vídeo, ele aparece amarrando o animal e jogando de forma bruta no carrinho de reciclável. Ele prende bem o animal e nem se importa de estar sendo filmado.

Depois de horas de busca pela cidade, ele foi encontrado com o animal no bairro Rocio, próximo a Lotérica. A Polícia fez a abordagem e a equipe de proteção fez a retirada do cãozinho, que segundo informações estava bem e inclusive já foi adotado, ganhando um novo lar.

Em relação à mulher que fez a filmagem, muitas pessoas criticaram a ação dela e disseram que ela devia ter retirado o animal na hora. A reportagem do Canal 4 TV Web entrou em contato com ela, que se chama Gisele Engroff. Ela é protetora independente de animais e contou que estava saindo do trabalho e já tinha outro compromisso marcado, mas que filmou como forma de alerta para que fosse tomada uma providência pelas autoridades. Ela disse que pediu para ele tirar o animal que estava em baixo dos recicláveis, dentro do carrinho, mas ele não gostou e em seguida fez aquilo com o animal, inclusive ficando irritado com ela. “Eu não falei nada, por ser uma pessoa de idade, achei melhor acionar órgãos competentes para isso. Só filmei e passei para a proteção animal e tive que sair. Mas postei para todos verem este senhor e o que ele fez”, explicou ela.

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.