Home / Destaque / Matrículas para escolas estaduais de Santa Catarina terminam na próxima quarta, 07

Matrículas para escolas estaduais de Santa Catarina terminam na próxima quarta, 07

As aulas nas 1.073 escolas da rede estadual de ensino de Santa Catarina iniciam no próximo dia 15 de fevereiro. Quem ainda não efetuou a sua matrícula pode fazer até a próxima quarta-feira, dia 7, na escola mais próxima da sua casa. As matrículas estão abertas para o ensino fundamental, médio, profissionalizante e Centro de Educação de Jovens e Adultos (Cejas).

A matrícula no 1º ano do Ensino Fundamental só será aceita aos alunos que completam 6 anos de idade até 31 de março de 2018, conforme legislação vigente. Também é preciso seguir os critérios de zoneamento, ou seja, a matrícula deve ser feita na escola mais próxima de casa ou do trabalho dos responsáveis.

Os alunos do ensino médio podem optar por diferentes modalidades, entre elas: Regular, Inovador (EMI), Integrado Educação Profissional (EMIEP) e Integral em Tempo Integral (EMITI). O Programa Ensino Médio Inovador (ProEMI) oportuniza ao jovem a ampliação do tempo escolar, garantindo a formação integral com a inserção de atividades que tornem o currículo mais integrado e dinâmico, com conteúdos curriculares organizados a partir de um planejamento interdisciplinar construído coletivamente. São 145 escolas com este modelo atualmente no Estado.

O Ensino Médio Integral em Tempo Integral é o mais recente modelo ofertado em Santa Catarina. Foi implantado em 2017 em 15 escolas e oferece oportunidades de construção conjunta de uma educação que, valoriza o aprendizado de conteúdos tradicionais, mas também desenvolve competências essenciais para a vida profissional e pessoal de professores e estudantes. Para este ano 13 escolas terão matrícula para a primeira e segunda série e outras 17 escolas, que iniciam o programa em 2018 ofertaram apenas o primeira série do ensino médio nesta modalidade.

O Ensino Médio Integrado a Educação Profissional (EMIEP) enfoca uma concepção de formação humana, tendo o trabalho como princípio educativo, a integração de todas as dimensões da vida, visando à formação omnilateral dos sujeitos. A proposta é integrar as disciplinas técnicas as grandes áreas do conhecimento do Ensino Médio, não sendo apenas uma simples justaposição de disciplinas.

“O ensino médio é a etapa final da educação básica, por isso além do tradicional ensino regular a Secretaria de Estado da Educação tem invetindo em outros modelos. Desta forma, o jovem que quiser seguir para a universidade pode escolher o modelo a seguir, assim como o jovem que quer ir para o mundo do trabalho pode optar pela formação profissional já neste etapa. Queremos dar autonomia aos nossos jovens decidirem, junto com seus pais, qual o caminho que preferem seguir e para isso temos que dar opções”, destaca a diretora de Gestão da Rede Estadual, Marilene Pacheco.

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.