Home / Destaque / Sanepar amplia rede para pagamento de contas em atraso

Sanepar amplia rede para pagamento de contas em atraso

Uma revisão de contrato entre bancos e a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) está facilitando a vida de clientes que não pagaram a conta de água na data do vencimento. A mudança amplia a rede de agentes que podem receber contas com mais de 25 dias de atraso. A partir de janeiro, mais de 3.500 postos em todo o Estado passam a receber essas contas.

Foto: Divulgação Sanepar

Diversas instituições estão credenciadas para fazer o recebimento como farmácias, supermercados, ou os bancos Credicoamo e Sicredi. A Caixa Econômica, além do Internet Banking e caixas eletrônicos, recebe as contas da Sanepar com atraso superior a 25 dias também pela Rede Lotérica. O Banco do Brasil recebe pelo Internet Banking, caixas eletrônicos e Bancos Postais. Já o Santander somente pela internet, caixas eletrônicos ou correspondentes bancários.

“O aditivo de contrato da Sanepar com as instituições financeiras facilita para o cliente fazer o pagamento de seus débitos, seja qual for o período de atraso”, diz o diretor comercial da Sanepar, Antonio Carlos Belinati. Ele explica que a mudança também agiliza o recebimento, pela Sanepar, de informações sobre as contas pagas, evitando o corte da ligação de água. “Temos contratos em que o envio desse tipo de dado ocorre a cada 15 minutos. Essa agilidade faz com que se evitem transtornos como o corte”, esclarece.

Para obter informações sobre as instituições autorizadas, os limites de valores, prazos e modalidades para pagamento (boca de caixa, caixas eletrônicos, Internet Banking e débito automático), entre no site da Sanepar, www.sanepar.com.br, e escolha a opção “Onde Pagar”, nos menus “Clientes” ou “Acesso Rápido”.

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.