Home / Cidades / Todas as reformas de escolas em dualidade com o Estado foram concluídas em União da Vitória

Todas as reformas de escolas em dualidade com o Estado foram concluídas em União da Vitória

Por meio de convênio firmado entre o município e a FUNDEPAR, seis escolas da região de União da Vitória foram beneficiadas no primeiro semestre deste ano com reformas em sua infraestrutura predial. Ao todo, foram investidos R$ 511.693,54 numa média de R$ 85.282,25 aplicados em cada instituição.

As escolas beneficiadas foram:

Colégio Estadual Adiles Bordin e Escola Municipal Dario Bordin Colégio Estadual Pedro Stelmachuck e Escola Municipal Amélia Hobi Colégio Estadual Aniz Domingos e Escola Municipal Valdomiro de Souza Colégio Estadual Judith Simas Canellas e Escola Municipal Duque de Caxias Colégio Estadual Rio Vermelho e Escola Municipal Interventor Manoel Ribas Colégio Estadual Inocêncio de Oliveira e Escola Municipal Miguelina Treuke

De um modo geral, foram realizados diversos serviços como reparos em estruturas de telhados, troca de telhas, instalação de manta térmica, reparo em sistemas elétricos e hidráulicos, trocas de pisos e adequações de acessibilidade, troca de forros e lâmpadas fluorescentes por lâmpadas LED, também foram realizadas pinturas e correções de acabamentos, execução de novos sistemas de esgotamento sanitário, central de gás de cozinha, drenagem pluvial, entre outros.

Todas as obras já foram concluídas e aprovadas pela fiscalização, tanto do município como do Estado. “Lembramos também que está em execução o programa Reforma Rápida, que é uma parceria entre as secretarias de educação com a de planejamento”, explicou o secretário Ricardo Brugnago.

Este programa, por sua vez, tem como objetivo a aplicação de R$1 milhão em serviços de reformas em Escolas e CEMEIS. Os recursos são do próprio do município. “Atualmente estão sendo iniciados os reparos na Escola Fruma Ruthenberg e no CEMEI Odete Conti”, complementa Ricardo.

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.